Sebrae 970x90 azul
Sebrae 970x90 rosa
GRIPE H1N1
Bewegen 970x90
Evolutec Jean
H1N1 PARTE 2
Estação 393
Pirata 970x90
Preocupação é geral

Hepatite infantil: o que se sabe sobre a doença de origem desconhecida que avança na Europa.

Mais de 70 casos foram confirmados, mas causa da infecção ainda é um mistério; OMS monitora cenário e não recomenda restringir viagens.

19/04/2022 12h14
Por: Vitor Blemer
Fonte: Estadão
Assistente de laboratório examina amostra de sangue; OMS monitora casos de hepatite aguda de origem desconhecida em crianças da Europa Foto: Rupak De Chowdhuri/Reuters - 02/11/2006
Assistente de laboratório examina amostra de sangue; OMS monitora casos de hepatite aguda de origem desconhecida em crianças da Europa Foto: Rupak De Chowdhuri/Reuters - 02/11/2006

Setenta e quatro casos de hepatite aguda foram descobertos em crianças do Reino Unido até o dia 8 de abril, conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS). De lá para cá, os registros têm crescido na Europa e nos Estados Unidos. A origem da infecção, no entanto, ainda é uma incógnita e está sendo apurada.

Por ora, a OMS não orienta restringir viagens aos países com casos da doença e destaca que a prioridade no momento é encontrar a causa dos quadros. A preocupação se deve ao fato de que a infecção pode levar a uma série de problemas de saúde, que podem ser fatais.

Veja abaixo o que se sabe até agora.

O que é hepatite?

Conforme a OMS, a hepatite é uma inflamação que atinge o fígado causada por uma variedade de vírus infecciosos (hepatite viral) e agentes não infecciosos. A infecção pode levar a uma série de problemas de saúde, que podem ser fatais. Existem cinco cepas do vírus da hepatite: A, B, C, D e E.

Embora todas causem doença hepática, tem modos de transmissão, gravidade, distribuição geográfica e métodos preventivos diversos entre si. Os vírus B e C, diz a OMS, causam doenças crônicas em milhões de pessoas e, juntos, são a principal causa de cirrose hepática, câncer de fígado e mortes relacionadas à hepatite viral. Estima-se que 354 milhões de pessoas em todo o mundo vivem com hepatite B ou C. A maioria não acessa testes e tratamentos.

De acordo com a Agência de Segurança da Saúde do Reino Unido (UKHSA, na sigla em inglês), os sintomas mais comuns da doença são: urina escura; fezes brancas ou acinzentadas; comichão na pele; olhos e pele amarelados (icterícia); dores musculares e nas articulações; cansaço; perda de apetite; dores de barriga.

Qual a causa da hepatite aguda que aflige crianças do Reino Unido?

Essa é a chave da questão. Por mais que profissionais de saúde e agências do Reino Unido estudem os casos desde janeiro, ainda não encontraram a etiologia dos quadros. De acordo com a OMS, nos casos do Reino Unido, testes laboratoriais descartaram os vírus da hepatite A, B, C, D e E.

Publicidade, clique e SAIBA MAIS:

Entre os casos do Reino Unido, muitos apresentavam infecção por adenovírus (família de vírus comuns que, em geral, causam doenças leves) ou pelo vírus causador da covid-19, disse a OMS. Recentemente, houve aumento na atividade dos adenovírus na região, que co-circulam com o SARS-CoV-2.

Por mais que sejam investigados como causas potenciais, o papel desses vírus na patogênese (mecanismo pelo qual a doença se desenvolve) ainda não está claro. Nenhum outro fator de risco epidemiológico foi identificado, incluindo viagens internacionais recentes. A UKHSA informou não haver vínculo com a vacina contra covid - nenhum dos casos confirmados recebeu imunizante.

Nesta semana, equipes do Reino Unido divulgaram que um agente infeccioso é a causa mais provável do problema, mas um diagnóstico completo ainda está em investigação pelas autoridades locais. 

Quais os sintomas que as crianças do Reino Unido têm apresentado?

O quadro das crianças europeias é de infecção aguda. Muitos apresentam icterícia, que, por vezes, é precedida por sintomas gastrointestinais, principalmente em pequenos até 10 anos.

Qual a idade dos pacientes?

A síndrome atinge pacientes de até 16 anos de idade. A maioria dos casos está na faixa de 2 a 5 anos.

Alguma morte já foi registrada?

Alguns dos pacientes precisaram ser transferidos para unidades especializadas de fígado infantil e seis precisaram de transplante. Nenhuma morte foi registrada até 11 de abril.

Em que países há casos?

Dos casos confirmados, 49 são da Inglaterra, 13 da Escócia e os demais do País de Gales e da Irlanda do Norte, conforme as autoridades do Reino Unido. Após o alerta do Reino Unido, Irlanda, Holanda, Dinamarca e Espanha também notificaram casos confirmados e suspeitos à OMS. Eles ainda estão sob investigação. Autoridades dos Estados Unidos também relataram casos. 

Como esses países têm respondido aos casos?

Conforme a OMS, medidas clínicas e de saúde pública foram adotadas no Reino Unido, a fim de coordenar a identificação de casos e de investigar a etiologia da doença. As autoridades estudam o histórico de exposição dos pacientes, aplicam testes toxicológicos e virológicos/microbiológicos. Na Irlanda e na Espanha, as medidas também foram aplicadas

Como prevenir?

Mesmo sem causa identificada, em nota, a diretora de Infecções Clínicas e Emergentes da UKHSA, Meera Chand deu algumas orientações aos pais e responsáveis. "Medidas convencionais de higiene, como boa lavagem das mãos e higiene respiratória, ajudam a reduzir a propagação de muitas das infecções que estamos investigando." Ela também pediu para que fiquem atentos a sinais de hepatite e contatem profissionais de saúde.

Quais foram as orientações da OMS?

Segundo a OMS, como há tendência crescente de casos desde o mês passado no Reino Unido, além de busca extensa, é provável que ocorram mais confirmações antes que a etiologia (causa) seja identificada. A organização encorajou países a identificarem, investigarem e notificarem casos potenciais. Com base nas informações obtidas até agora, a organização recomendou não restringir viagens a países com casos confirmados. Mas destacou que está monitorando o cenário.

Há casos suspeitos no Brasil?

Conforme o alerta emitido pela OMS ainda não há casos confirmados fora da Europa. No entanto, a organização pediu atenção de todos os países-membros. O Estadão fez contato com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e com o Ministério da Saúde, mas não obteve resposta até a publicação deste texto.

Publicidade, clique e peça:

Se você quiser receber as informações,

conteúdos e promoções da SC News 

pelo Whatsapp acesse o link:

CLIQUE AQUI!   

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Jaraguá do Sul - SC
Atualizado às 17h54
16°
Poucas nuvens Máxima: 22° - Mínima:
16°

Sensação

10 km/h

Vento

87.3%

Umidade

Fonte: Climatempo
JF DIESEL
Evolutec Jean
Estação 393
Sebrae 300x600 azul
JF DIESEL 300X250
Pirata 300x250
Sebrae 300x250 rosa
Sebrae 300x250 azul
Estação 393
Evolutec Jean
Municípios
Sebrae 300x250 azul
Estação 393
Sebrae 300x250 rosa
Pirata 300x250
JF DIESEL 300X250
Evolutec Jean
Últimas notícias
Evolutec Jean
Estação 393
Livratto
Sebrae 300x250 rosa
Pirata 300x250
Sebrae 300x250 azul
Mais lidas
Pirata 300x250
Sebrae 300x250 azul
Evolutec Jean
Sebrae 300x250 rosa
Estação 393
Pirata 300x250
Sebrae 300x250 azul
Sebrae 300x250 rosa