Bewegen 970x90
FEMUSC
SC News 2022
Dinheiro público.

Após Congresso derrubar veto, Acijs se posiciona sobre fundo eleitoral.

Partidos terão direito a quase o triplo dos recursos destinados nas últimas eleições, em 2020, ou seja, R$ 5,7 bilhões.

21/12/2021 14h38
Por: Vitor Blemer
Fonte: Diário da Jaraguá
Foto divulgação
Foto divulgação

A Associação Empresarial de Jaraguá do Sul se pronunciou, através de nota, sobre a votação, no Congresso na última sexta-feira (17), em que foi derrubado o veto do presidente Jair Bolsonaro ao aumento do fundo eleitoral, o que garantiu uma verba de R$ 5,7 bilhões para financiar as campanhas em 2022. 

Na nota, a Acijs diz que:

A sociedade brasileira, para o bem do País e seu futuro como nação forte e soberana, roga aos seus Poderes equilíbrio, moderação e sensatez em suas decisões.


Confira a nota na íntegra. 

Associação Empresarial de Jaraguá do Sul lamenta a decisão do Congresso Nacional que, nesta sexta-feira (17), votou a favor da derrubada de veto da Presidência da República a um trecho da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) que trata de recursos destinados ao Fundo Eleitoral. Assim, por maioria de votos no Senado e na Câmara Federal, foi aprovada a previsão de utilização de até R$ 5,7 bilhões em recursos públicos como novo valor do Fundo Eleitoral em 2022.
 
A entidade, representando associados do setor produtivo da Indústria, do Comércio e de Serviços, corrobora o sentimento de indignação manifestado pela sociedade brasileira, diante de mais um ato que configura ilegítima defesa de interesses de grupos partidários ao demonstrarem estarem novamente na contramão da realidade do País.
 
Mesmo sob o argumento de que o financiamento público de campanhas políticas pressuponha a possibilidade de maior transparência ao processo eleitoral, como argumentam lideranças de siglas partidárias, o volume de recursos previstos soa de maneira acintosa e destoante das reais necessidades da nação em momento tão delicado da economia e seus nefastos efeitos sociais. Vale lembrar que, neste ano, deputados e senadores elevaram o valor do fundão e aprovaram a destinação de R$ 5,7 bilhões para 2022, quase o triplo dos cerca de R$ 2 bilhões empregados nas eleições de 2018 e de 2020.
 
Entende o bom senso que, embora argumente-se que o Fundo Eleitoral constitua uma rubrica própria para a finalidade, e que sua definição ainda dependerá de análise do relator do Orçamento Geral da União, em maior ou menor escala se trata de recursos que poderiam ser redirecionados à atenção em setores que carecem de maior urgência de atenção, diante dos reflexos ainda vivenciados pela maioria da população, em decorrência da pandemia, ou no apoio à recuperação da economia no pós-pandemia.
 
A sociedade brasileira, para o bem do País e seu futuro como nação forte e soberana, roga aos seus Poderes equilíbrio, moderação e sensatez em suas decisões.

 

O Congresso Nacional derrubou na sexta-feira (17) um veto presidencial e, com isso, ampliou o valor do Fundo Eleitoral de R$ 2 bilhões para mais de R$ 5,7 bilhões. Em agosto, o presidente da República havia vetado essa ampliação quando sancionou a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2022. O trecho, antes vetado e agora derrubado, agora segue para promulgação.

O veto foi primeiro analisado na Câmara e os deputados o derrubaram por um placar de 317 votos a 143. No Senado, foram 53 votos pela derrubada do veto e 21 por sua manutenção. No Senado, assim como na Câmara, o assunto foi alvo de debates.

Votaram a favor do veto, ou seja, contra os R$ 5,7 milhões, Daniel Freitas (PSL), Caroline de Toni (PSL), Coronel Armando (PSL), Gilson Marques (Novo), Rodrigo Coelho (Podemos), Ricardo Guidi (PSD), Geovânia de Sá (PSDB) e Carmen Zanotto (Cidadania).

Votaram favoráveis à derrubada do veto: Angela Amin (PP), Carlos Chiodini (MDB), Celso Maldaner (MDB), Darci de Mattos (PSD), Fábio Schiochet (PSL) e Pedro Uczai (PT).

Os deputados Hélio Costa (Republicanos) e Rogério Peninha (MDB) não votaram.

Entre os senadores, Esperidião Amin (PP) e Dário Berger (MDB) votaram para derrubar o veto. Jorginho Mello votou favorável à manutenção.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Jaraguá do Sul - SC
Atualizado às 17h52
30°
Poucas nuvens Máxima: 34° - Mínima: 23°
34°

Sensação

15.6 km/h

Vento

74.2%

Umidade

Fonte: Climatempo
JF DIESEL
IN BOX 300X600
HC Hornburg
SC News 2022
Cia das Piscinas
Renovee Energia Sola
JF DIESEL 300X250
IN BOX 300X250
Renovee Energia Sola
Fachini 300x250
Pedra Flor 300x250
Pedra Flor 300x250
HC Hornburg
Municípios
IN BOX 300X250
Pedra Flor 300x250
INFO CAMPE
Fachini 300x250
JF DIESEL 300X250
Últimas notícias
Fachini 300x250
IN BOX 300X250
Pedra Flor 300x250
Livratto
Mais lidas
Fachini 300x250
Pedra Flor 300x250
IN BOX 300X250
Fachini 300x250
Pedra Flor 300x250
IN BOX 300X250