Bewegen 970x90
Bewegen 970x90
Você viu na SC News
Bewegen 970x90
Tristeza de um pai!

‘Te achei, meu filho’: o desabafo do pai que encontrou cabeça do filho em mala em SC.

Ronaldo Kalbusch, que encontrou o corpo do próprio filho dentro de uma mala no último fim de semana, falou sobre os momentos de angustia vividos pela família nas últimas semanas.

26/05/2021 15h56Atualizado há 3 semanas
Por: Vitor Blemer
Fonte: São Bento Notícias
Foto divulgação.
Foto divulgação.

O morador de Rio do Sul, no Alto Vale do Itajaí, procurava o filho, Renan Kalbusch, desde 4 de maio, quando o jovem de 21 anos despareceu.

Renan foi visto pela última vez no dia 4 de maio, por volta das 14h. A família, no entanto, só percebeu que ele havia desaparecido no dia 5. Até então, todos achavam que o jovem estava apenas em seu quarto.

O pai conta que chegou a esperar mais um dia até registrar o boletim de ocorrência, na esperança de que Renan pudesse retornar para casa. Como isso não aconteceu, ele informou à Polícia Civil sobre o desparecimento do filho no dia 6 de maio.

Por quase uma semana os familiares ficaram sem notícias de Renan, até que no dia 12 de maio um pescador encontrou o que seria a perna do jovem. O membro estava boiando no rio Itajaí-Açu, no bairro Canta Galo.

A notícia chegou até Ronaldo através de uma mensagem no WhatsApp. Ele conta que imediatamente pensou que poderia ser do filho.

“Imaginei que era um membro dele. […] Fui buscar minha esposa no serviço e o meu pequeno no colégio. Deixei o pequeno em casa e fui até a delegacia com a minha esposa. Assim que cheguei na delegacia, o delegado Tiago [Cardoso] me ligou, mas eu já estava lá. Ele mostrou a foto do membro, daí eu reconheci a tatuagem que era uma cruz”, conta Ronaldo.

Depois disso, o pai conta que passou a fazer buscas no rio Itajaí-Açu por conta própria, junto de um conhecido que possui uma bateira. No dia 15 de maio, ele encontrou mais dois membros que poderiam ser do filho.

Publicidade: 

Você viu na SC News

Ele acionou o Corpo de Bombeiros que, segundo Ronaldo, demorou mais de uma hora para ir ao local. “Eu até comentei para o meu colega que a demora tirou o nosso tempo que é curto. Era de tarde, logo anoiteceria”, comenta o pai.

Local onde Renan teria sido visto pela última vez – Foto: Gabriela Milanezi/NDTV Blumenau

Ronaldo chegou a fazer mais algumas incursões ao rio até que no dia 20 conseguiu localizar mais uma perna do jovem. Dessa vez o Corpo de Bombeiros não foi até o local, apenas o IGP (Instituto Geral de Perícias) e a Polícia Civil.

Até que no sábado (22) à tarde, após um dia de buscas sem sucesso, Ronaldo avistou uma mala preta. Ele conta que pediu ao colega para que o ajudasse a retirar a mala do rio e a levasse para um local segura pois sentia que o filho estava dentro.

“Senti pelo cheiro… o cheiro era idêntico ao que senti nos outros membros. Era igual. Daí meu amigo disse: ‘não, cara, não pode ser.’ E eu disse: ‘cara, pode abrir a mala que ele tá aí dentro’. Então quando ele abriu a mala, a gente se desesperou”, relata Ronaldo.

“Eu chorei. Fui firme até no último momento, mas ali eu chorei. Eu chorei  e falei para mim mesmo: ‘te achei, meu filho! Te achei’, conta o o pai emocionado.

Ronaldo disse ainda que não vai desistir de procurar os membros que ainda seguem desaparecidos. “Os bombeiros foram para o rio hoje, mas eu vou voltar e vou voltar com outras partes dele”, garante o pai.

Relacionamento com os amigos

Ronaldo conta que Renan era o filho mais novo do seu primeiro casamento. Segundo ele, o jovem gostava muito de esportes, principalmente judô e skate.

Renan Kalbusch estava desaparecido desde 4 de maio – Foto: Arquivo Pessoal/Redes Sociais

“O Renan tinha 21 anos, mas tinha uma mentalidade de criança. Parecia ainda vivia na infância. Para ele, todos eram amigos, todos eram confiáveis”, relata o pai.

Questionado sobre o que imaginava que pudesse dar acontecido, Ronaldo evitou falar sobre o assunto.

Investigação

A Polícia Civil já está investigando o caso. De acordo com o delegado Tiago Cardoso, equipes estão trabalhando para esclarecer a morte de Renan desde 12 de maio, quando a perna do jovem foi encontrada no rio. Porém, segundo o delegado, até o momento ainda não há nada de concreto quanto a autoria do crime.

Publicidade: 

Você viu na SC News

FIQUE POR DENTRO DE TUDO

QUE ACONTECE EM TEMPO REAL,

CLIQUE AQUI AGORA  E

TENHA TUDO NO SEU WHATSAPP!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Jaraguá do Sul - SC
Atualizado às 23h51
12°
Tempo aberto Máxima: 21° - Mínima:
12°

Sensação

9.7 km/h

Vento

84.5%

Umidade

Fonte: Climatempo
Grão de Gente 300x600
Cia das Piscinas
HC Hornburg
Lar dog lar
Prática
Ig Energia
Grão de Gente 300x250
Pedra Flor 300x250
HC Hornburg
Fachini 300x250
Pedra Flor 300x250
Municípios
Fachini 300x250
SOS Cidadão
Grão de Gente 300x250
INFO CAMPE
Pedra Flor 300x250
Últimas notícias
Rodízio em Casa Jaraguá
Fachini 300x250
Pedra Flor 300x250
Grão de Gente 300x250
Livratto
Mais lidas
Fachini 300x250
Pedra Flor 300x250
Grão de Gente 300x250
Grão de Gente 300x250
Fachini 300x250
Pedra Flor 300x250