Bewegen 970x90
Você viu na SC News
Bewegen 970x90
Bewegen 970x90
Morte em explosão

Imóvel que explodiu em Jurerê não tinha alvará dos bombeiros; veja o que foi apurado.

Colapso da construção causou a morte de uma moradora de 56 anos, que ficou presa sob os escombros; bombeiros realizam perícia nesta quarta-feira (26).

26/05/2021 13h52
Por: Vitor Blemer
Fonte: ND Mais
Bombeiros passaram mais de 12 horas em busca da vítima da explosão – Foto: CBMSC/Divulgação/ND
Bombeiros passaram mais de 12 horas em busca da vítima da explosão – Foto: CBMSC/Divulgação/ND

A casa que colapsou em Jurerê, em Florianópolis, não tinha alvará dos bombeiros. A informação é da própria corporação, que passou mais de 12h em atendimento no local, nesta terça-feira (24).

Os bombeiros realizam, durante esta quarta-feira (26), uma perícia no complexo habitacional, que era dividido em duas unidades com quitinetes.

Por enquanto, “não é possível afirmar sobre o estado de segurança da edificação”, informou o tenente Thiago Sarraff, do CBMSC (Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina).

Ele explica, no entanto, que há alguns requisitos básicos necessários para residência multifamiliar, como gás central canalizado, por exemplo. “Pelo menos numa primeira impressão, isso estava ok”.

“Claro que não há como dizer se a canalização era adequada, se estava estanque (sem vazamentos), se as mangueiras eram adequadas e estavam dentro da validade. Tudo isso será apurado em investigação”, complementou o tenente.

Publicidade: 

Você viu na SC News

Residências ao lado também foram atingidas com a explosão

Residências ao lado também foram atingidas com a explosão – Foto: Leo Munhoz/ND

A suspeita inicial dos bombeiros é de que a explosão, que derrubou a casa, tenha sido causada por vazamento de gás.

O engenheiro e especialista em segurança do trabalho Marco Antônio Vezzani, em entrevista para o Balanço Geral desta terça-feira, reforçou que existem regras específicas para o uso do gás nestas construções. “Tem que ter a canalização e uma vistoria prévia e paulatina, dia a dia”.

Publicidade: 

Você viu na SC News

Antes e depois de casa que explodiu em Jurerê – Foto: Reprodução/ND

Antes e depois de casa que explodiu em Jurerê – Foto: Reprodução/ND

Sobre o acidente

casa, localizada em Jurerê, colapsou por volta das 8h30 desta terça-feira, afetando, inclusive, uma residência aos fundos do terreno. Segundo o balanço mais recente divulgado, há 11 desabrigados. Destes, sete foram para um hotel com auxílio da prefeitura.

O corpo de uma moradora, de 56 anos, foi encontrado sob os escombros por volta das 22h30. Elenita Pereira da Silva era procurada desde o período da manhã, em uma força-tarefa de equipes de salvamento.

Publicidade: 

Você viu na SC News

Helenita Pereira da Silva, de 56 anos, ficou desaparecida por mais de 12 horas até ser encontrada entre os escombros – Foto: Reprodução/Redes Sociais

Helenita Pereira da Silva, de 56 anos, morreu soterrada após a explosão do prédio em que morava há pouco mais de 15 dias, no bairro Jurerê, em Florianópolis. Vítima da tragédia desta terça-feira (25), ela ficou presa sob os escombros e foi localizada após quase 12 horas de buscas, por volta de 22h30.

Natural de Tenente Portela, no Rio Grande do Sul, Helenita morava na quitinete com o namorado, que acompanhou as buscas durante todo o dia, ao lado cunhada, irmã da vítima, e das duas filhas de Helenita. Segundo o vizinho Alisson Natan Bastos, de 25 anos, que a conhecia de vista, ela era simpática. “Fazia pouco tempo que tinha se mudado, coitada”.

A amiga de Helenita, a aposentada Carolina de Almeida, de 69 anos, a conhecia há cinco anos. Ela contou que chegaram a se falar mais cedo naquele dia. “Ela me mandou uma mensagem de bom dia, eu respondi, mas ela não chegou a receber”, conta.

De acordo com o seu perfil nas redes sociais, Helenita trabalhava na Loterias Caixa desde 2019, na Capital. Internautas se solidarizaram: “Meus sentimentos aos familiares e amigos! Deus os console!”, dizia uma das mensagens em seu perfil.

Outra amiga publicou “minha amiga, você passou por tantos perrengues e superou tudo mas, infelizmente, hoje você nos deixou. Que morte cruel”. E completou: “vai em paz, minha amiga querida, te amo, muito. Um dia vamos nos encontrar.”

Publicidade: 

Você viu na SC News

FIQUE POR DENTRO DE TUDO

QUE ACONTECE EM TEMPO REAL,

CLIQUE AQUI AGORA  E

TENHA TUDO NO SEU WHATSAPP!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
FLORIPAFLORIPA - SC
Jaraguá do Sul - SC
Atualizado às 23h41
12°
Tempo aberto Máxima: 21° - Mínima:
12°

Sensação

9.5 km/h

Vento

84.8%

Umidade

Fonte: Climatempo
HC Hornburg
Cia das Piscinas
Grão de Gente 300x600
Pedra Flor 300x250
Fachini 300x250
Lar dog lar
Pedra Flor 300x250
Grão de Gente 300x250
Prática
HC Hornburg
Ig Energia
Municípios
Fachini 300x250
SOS Cidadão
INFO CAMPE
Pedra Flor 300x250
Grão de Gente 300x250
Últimas notícias
Grão de Gente 300x250
Fachini 300x250
Rodízio em Casa Jaraguá
Pedra Flor 300x250
Livratto
Mais lidas
Grão de Gente 300x250
Fachini 300x250
Pedra Flor 300x250
Pedra Flor 300x250
Fachini 300x250
Grão de Gente 300x250